PALMIRA

PALMIRA
POINTER DO AÇAI

Itaju do Colônia

Itaju do Colônia
Rádio jornal de Itabuna

Itabuna

Itabuna
Rádio Nacional de Itabuna

Floresta Azul

Floresta Azul
Vereadora Daniela Larangeiras

Floresta Azul

Floresta Azul
Vereadora Daniela Laranjeira

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

BN/ Paraná: Evolução de intenções de voto de Isidório e Bruno Reis sinaliza tendência

O Bahia Notícias publicou nesta quarta-feira (11) a última rodada de pesquisas deste ano realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas em Salvador sobre a corrida eleitoral de 2020. E o cenário de múltiplas candidaturas aponta uma tendência de evolução dos dois nomes que lideram o levantamento: Sargento Isidório (Avante) e Bruno Reis (DEM). Ambos, todavia, oscilaram positivamente dentro da margem de erro nas pesquisas.

Como nenhum dos cenários pesquisados se repetiu nos levantamentos de fevereiro, agosto e dezembro, a comparação não é precisa estatisticamente. No entanto sinaliza uma tendência entre aqueles que aparecem, até aqui, como os principais candidatos. Em fevereiro, entretanto, Isidório não foi incluído na pesquisa, pois, à época, o deputado federal apontava uma virtual candidatura a prefeito de Candeias, onde fica a sede da Fundação Dr. Jesus.

Em fevereiro, Bruno Reis era opção para 11,7% dos eleitores em um cenário com 13 candidaturas. Em agosto, com 10 nomes citados como potenciais candidatos, esse percentual cresceu para 12,9%, atingindo o maior índice agora no mês de dezembro, com 11 candidaturas, em que o vice-prefeito foi citado por 16,8% dos entrevistados.

Isidório não aparece na primeira pesquisa por não ter sido citado oficialmente como pré-candidato na capital baiana. Mas, ao se apresentar nessa condição, já apareceu à frente de Reis em agosto, com 15,6%. Quatro meses depois, Isidório oscilou dentro da margem de erro e chegou a 18,2% das intenções de voto, liderando a corrida.

A deputada federal Lídice da Mata (PSB) apareceu com 10,4% das intenções de voto em fevereiro, subiu para 13,4% em agosto e manteve um percentual similar em dezembro, com 13,7%. O presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani (sem partido), seguiu a mesma tendência de Lídice. No primeiro levantamento, foi opção para 2,4%, chegou a 5,7% em agosto, quando o time vivia uma boa fase do Campeonato Brasileiro, e caiu para 5,5% na pesquisa divulgada nesta quarta. As oscilações foram dentro da margem de erro e são estatisticamente desprezíveis.

O último candidato a aparecer com mais de cinco pontos percentuais nos três levantamentos com pulverização de candidatura foi o deputado federal Nelson Pelegrino (PT), que assumiu no final de novembro a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano. O petista foi opção para 8,5% dos eleitores nas duas primeiras pesquisas e cresceu 0,1% em dezembro.

O levantamento também avaliou o índice de rejeição desses cinco pré-candidatos à prefeitura de Salvador, os melhores colocados na pesquisa de agosto (lembre aqui). O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 813 eleitores entre os dias 5 e 9 de dezembro e tem margem de erro de 3,5%.

0 comentários:

Postar um comentário