Mourão defende apuração e punição de responsáveis por tragédia em Brumadinho

A apuração dos fatos e punição dos responsáveis pelo rompimento de barragem da mineradora Vale em Brumadinho foi defendida nesta segunda-feira (28) pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB). 

O general afirmou que, "se houve imperícia, imprudência ou negligência" por parte da mineradora, o responsável tem que responder "criminalmente". Para Mourão uma saída é a punição econômica, que doa "no bolso", para a mineradora. 

"É aquela velha frase que eu já disse outro dia aí: apurar e punir quem tiver que se punir. Agora, tem que punir mesmo, punir mesmo", afirmou o presidente em exercício, que assumiu a chefia do Planalto interinamente em virtude do procedimento cirúrgico a que o presidente Jair Bolsonaro foi submetido.
Por: Wender Lima. 
Tribuna de Palmira.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial