Fernando Gomes briga com o B. do Brasil e tira a agência da Prefeitura

Fernando Gomes disse na tarde de hoje, 14, que o gerente do Banco do Brasil arrumou uma briga com ele “e encontrou”. O prefeito itabunense anunciou as consequências desse desentendimento: vai tirar a conta da Prefeitura do BB, que recebeu 60 dias de prazo para desativar a agência que há anos funciona no Centro Administrativo, no bairro São Caetano. 
Essas informações, nada agradáveis para os negócios do Banco do Brasil no município, fizeram parte do discurso de Fernando Gomes na solenidade de inauguração, na avenida do Cinquentenário, de uma nova agência da Caixa Econômica (vai substituir a da Praça Camacan). O Diário Bahia apurou que a birra de Fernando Gomes com a gerencia local do Banco do Brasil foi por causa de um bloqueio de verba, em consequência de dívidas do município com o INSS. 
A decisão foi judicial, mesmo assim o prefeito ficou uma fera. Marcos Vinícius, José Oduque e Fernando Gomes
O discurso de Fernando Gomes também teve um tom político. Ele rasgou elogios a Jair Bolsonaro. Argumentou o prefeito que a gestão do novo presidente da República será boa para a classe empresarial, que também terá que “entrar na linha”. 
Bolsonaro, na opinião de Fernando Gomes, fará um governo diferente, vai colocar ordem no país. Vale lembrar, no entanto, que o prefeito, na última eleição, fechou com o PT na Bahia. A inauguração da nova agência da Caixa em Itabuna teve a presença do ex-prefeito José Oduque Teixeira, convidado pelo superintendente Marcos Vinícius, num reconhecimento por ser ele um dos mais antigos clientes da agência, que agora está num local mais amplo e com melhores instalações.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial