O enterro de Vavá e a Justiça que endossa tese de Lula como preso político

Até mesmo a morte de um irmão contribuiu para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reforce a narrativa de que a prisão dele é política. Boa parte disso é responsabilidade, principalmente, da arrogância institucional da Polícia Federal e do Ministério Público Federal do Paraná, que preferiram negar o direito do ex-presidente em comparecer ao velório do irmão Vavá. Lula não é um preso comum. Mas nem por isso merece um tratamento diferenciado ao ponto de negar direitos previstos na própria legislação.

Por mais absurdo que os adversários possam imaginar, a saída de um preso em regime fechado para acompanhar o sepultamento de um irmão é permitida pela Lei de Execuções Penais. Até porque mesmo a ditadura militar autorizou o então líder sindical a acompanhar o sepultamento da mãe, na década de 1980. A defesa do ex-presidente sabia bem disso e pediu a autorização. No entanto, apenas no Supremo Tribunal Federal foi liberada a ida dele até São Bernardo do Campo, onde acontecia o velório. A decisão acabou fora de propósito. Vavá já tinha sido enterrado quando Dias Toffoli concedeu a permissão para Lula sair da prisão.

A Polícia Federal e os procuradores da República sabiam da dimensão da recomendação contrária à liberação de Lula. E sabiam que seria maior politicamente do que qualquer aparato demandado para transferir o ex-presidente, temporariamente, para São Bernardo do Campo. No entanto, apesar de agirem politicamente, negam que estejam tomando decisões com base em conveniências. Já as instâncias judiciais seguiram a mesma sintonia, o que não deixa de ser uma reação a toda virulência com que a defesa do petista agiu desde que ele foi formalmente acusado. Para cada ação, há uma reação.

A decisão de Toffoli, inclusive, também foi politizada. Ou alguém acreditou que faltando 10 minutos para o sepultamento de Vavá haveria tempo hábil para que Lula fosse deslocado até o cemitério? O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) jogou para as duas plateias. Para os aliados do ex-presidente, o ministro foi o responsável por reparar o erro, ainda que fora do prazo, cometido pela Justiça. Para os adversários de Lula, Toffoli tomou a decisão de última hora justamente para inviabilizar a ida dele ao velório. Tudo depende do ponto de vista.

Essa série de trapalhadas jurídicas só reforçou a tese de que Lula é perseguido pelo Judiciário. Logicamente, aqueles que estão ao lado do ex-presidente se apressaram em utilizar a narrativa do irmão despedaçado pela morte do ente querido para endossar que o petista é um preso político. Não o é. Porém, em cada batalha travada com a Justiça, Lula sai fortalecido na argumentação de que é refém de um Estado vilão.

Lula pode ter inúmeros defeitos. O Judiciário brasileiro também. Ao duelarem eternamente, os dois lados mostram que existem mais verdades possíveis do que se esperaria do Direito.

A aura mítica do líder petista é cada vez mais alimentada. Cada vez mais ele fica maior do que a própria figura e, caso convença que é a grande vítima de todo o processo, será um monstro difícil de ser controlado. E olha que o ex-presidente já deu demonstrações públicas de que gosta da ideia de ser mártir.

Jussari: Legislativo fecha parceria com o blog Tribuna de Palmira

O blog Tribuna de Palmira manteve contato com o Presidente da Câmara Municipal de Jussari, o vereador Paulo Soares do (PP), na manhã desta quarta-feira dia 30. Na pauta a parceria que o blog fechou com o atual chefe do Legislativo jussariense. Paulo Soares  está no sétimo mandato e inicia sua gestão presidindo o Legislativo Municipal de Jussari de forma técnica, criteriosa e acima de tudo com muita austeridade no que tange a execução orçamentária da casa. O vereador esteve hoje pela manhã inspecionando a reforma da Câmara Municipal que contará com rampas de acesso cumprindo assim a Lei 10.098 que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção de acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida. A abertura dos trabalhos do Poder Legislativo de Jussari está previsto para o dia 15 de fevereiro do ano em curso, e o blog Tribuna de Palmira estará presente fazendo a cobertura da sessão inaugural do biênio 2019/2020 da referida casa Legislativa.
Por: Wender Lima. 
Tribuna de Palmira.

RUI COSTA ANUNCIA PARTE DO SECRETARIADO; DAVIDSON COMANDARÁ A PASTA DO TRABALHO

Com poucas mudanças em relação ao primeiro mandato, o governador Rui Costa anunciou, há pouco, via internet, a equipe com a qual tocará a segunda gestão. Dos nomes, as novidades foram o professor Lucas Costa, da Uesb, para a Pasta da Agricultura. O itabunense Davidson Magalhães, ex-presidente da Bahiagás e professor da Uesc, será o titular da Secretaria do Trabalho.
Houve remanejamento de nomes para algumas pastas. Jerônimo Rodrigues, ex-secretário de Desenvolvimento Rural, assumirá a Educação. Walter Pinheiro deixa a Pasta para comandar o Planejamento. E do Planejamento, sai João Leão. Vai para a Pasta do Desenvolvimento Econômico. Confira, abaixo, as pastas para as quais titulares foram confirmados.
SECRETARIADO RUI COSTA
Agricultura – Lucas Costa, professor da Uesb, com doutorado
Administração – Edelvino Góes
Casa Civil – Bruno Dauster
Comunicação – André Curvelo
Desenvolvimento Econômico – João Leão
Educação -Jerônimo Rodrigues
Fazenda – Manoel Vitório
Igualdade Racial – Fabya Reis
Infraestrutura – Marcus Cavalcanti
Planejamento – Walter Pinheiro
Procuradoria-Geral do Estado – Paulo Moreno
Saúde – Fábio Vilas-Boas
Segurança Pública – Maurício
Trabalho – Davidson Magalhães

Mourão defende apuração e punição de responsáveis por tragédia em Brumadinho

A apuração dos fatos e punição dos responsáveis pelo rompimento de barragem da mineradora Vale em Brumadinho foi defendida nesta segunda-feira (28) pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB). 

O general afirmou que, "se houve imperícia, imprudência ou negligência" por parte da mineradora, o responsável tem que responder "criminalmente". Para Mourão uma saída é a punição econômica, que doa "no bolso", para a mineradora. 

"É aquela velha frase que eu já disse outro dia aí: apurar e punir quem tiver que se punir. Agora, tem que punir mesmo, punir mesmo", afirmou o presidente em exercício, que assumiu a chefia do Planalto interinamente em virtude do procedimento cirúrgico a que o presidente Jair Bolsonaro foi submetido.
Por: Wender Lima. 
Tribuna de Palmira.

Hoje é o dia dele: Parabéns Bruno

Com toda a correria que vivemos no dia a dia, esquecemos que todas as atitudes tomadas no presente são determinantes para a construção do nosso futuro. Esquecemos que apesar de vivermos realmente o presente, não podemos deixar de pensar completamente naquilo que ainda está por vir.

Espero que esta nova etapa de sua vida traga a você ainda mais conhecimento sobre a vida. Que todo seu esforço seja convertido em ótimos resultados e que a vida lhe proporcione inesquecíveis momentos de alegria.

Torço para que Deus esteja constantemente ao seu lado, iluminando as suas decisões e levando à sua vida muita saúde, paz, amor e felicidade. Que os seus mais íntimos sonhos sejam enfim realizados, e que sua fé e esperança em Deus jamais acabem.

Que neste dia todos os seus amigos estejam presentes lhe trazendo muitas risadas, lhe proporcionando imensa alegria. Que com a chegada desta nova idade toda a tristeza fique para sempre no passado, e tudo se renove em muitos sorrisos e contentamento.

Feliz aniversário .
Por: Wender Lima. 
Tribuna de Palmira.

Esposa de ilheense está entre os desaparecidos no acidente em Brumadinho

A Engenheira de Minas, Isabela Barroso Câmara Pinto, é uma das funcionárias da Vale desaparecidas no acidente que resultou no rompimento de Barragem, em Brumadinho, interior de Minas Gerais. Nascida em Governador Valadares (MG), Isabela tem uma relação familiar com Ilhéus. 

É casada com Paulinho PInto, neto do falecido produtor rural Paulo Cardoso Pinto, que durante anos presidiu a Coopercacau. Desde o registro do acidente, a família não consegue manter contato com a engenheira, que estava atuando nas instalações da empresa. Familiares de Paulinho, todos residentes em Ilhéus, estão acompanhando a divulgação de informações e da lista de identificação de corpos localizados na operação de resgate. 

Todos ainda acreditam em um milagre. Pelas redes sociais, familiares de Isabela, residentes em outras regiões do Brasil, pedem orações. Isabela é a única filha do casal Mercia e Helvécio.

Palmira: Horário do sepultamento da senhora Odete sofre alteração

O blog Tribuna de Palmira vem através desta nota informar aos amigos que o sepultamento da senhora Odete que estava previsto para às 16:00 horas foi alterado para o horário das 12:00 horas.
Por: Wender Lima.
Tribuna de Palmira.

Lero Cunha, prefeito de Firmino Alves, é eleito presidente da Amurc

O prefeito de Firmino Alves, Aurelino Moreno da Cunha Neto, foi eleito por aclamação nesta quinta-feira, 24, presidente da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc para o biênio 2019/2020. 

No seu discurso de posse, o gestor convocou o apoio dos prefeitos para trabalhar em conjunto, na defesa dos interesses municipais. Lero Cunha, como é conhecido, sucede o prefeito de Itacaré, Antônio Mário Damasceno (Antônio de Anízio), que geriu a entidade no período de 2017 e 2018, com a missão de dar continuidade as capacitações dos servidores municipais, com o apoio do Programa Gerencial e Institucional as Prefeituras do Território Litoral Sul. Aliado a isso, lutas regionais em defesa da duplicação da BR 415 e da criação de uma Região Metropolitana. 

Dentre outros assuntos, Lero citou a importância de atuar em conjunto com os consórcios, Litoral Sul, Médio Sudoeste e da Mata Atlântica. “Junto a isso, vamos atuar em união, fortalecendo a parceria com a União dos Municípios da Bahia – UPB e a Confederação Nacional dos Municípios – CNM, visando garantir um Pacto Federativo justo, com ampliação das receitas dos municípios”, destacou. Durante a assembleia de eleição, os prefeitos reafirmaram o apoio ao novo presidente e destacaram a importância da Amurc no fortalecimento dos municípios. 

O prefeito de Barra do Rocha, Luís Sérgio Alves destacou que “juntos, os gestores podem buscar alternativas dentro do próprio município. Mas, para isso, é necessário que todos estejam ativos na busca por mudanças”, destacou o prefeito. O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, foi eleito presidente de honra da Amurc e reforçou uma maior participação do município na defesa de ações em conjunto junto ao governo do Estado. 

“Temos que estar juntos para buscar alternativas para a nossa região, levando reivindicações em conjunto, tendo em vista os equipamentos que estão sendo instalados na região, e precisarão ter o envolvimento dos municípios da região”.

Palmira: Morre a senhora Odete

Faleceu na tarde desta quinta-feira, dia 24, por volta da 16:00 horas a senhora Odete Souza. Dona Odete que dedicou grande parte de sua vida como ministra eucarística e também como coordenadora do grupo Legião de Maria na comunidade Nossa Senhora da Conceição. Dona Odete deixa seu legado como cristã, esposa e mãe que soube com maestria educar seus filhos. 
O blog Tribuna de Palmira vem através desta matéria prestar sua solidariedade a família enlutada.
O corpo está sendo velado na rua Alfredo Andrade.  
O sepultamento será nesta sexta-feira dia 25 às 16:00 horas. 
Por: Wender Lima.
Tribuna de Palmira.

Jean Wyllys desiste de mandato e deixa o Brasil por conta de ameaças de morte

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) anunciou que vai abrir mão do seu mandato e vai deixar o Brasil. Em entrevista à Folha de S. Paulo divulgada nesta quinta-feira (24), ele afirmou que tomou a decisão por conta de ameaças de morte. Segundo Wyllys, as ameaças se tornaram mais frequentes desde a morte da vereadora Marielle Franco. 

"O [ex-presidente do Uruguai] Pepe Mujica, quando soube que eu estava ameaçado de morte, falou para mim: 'Rapaz, se cuide. Os mártires não são heróis'. E é isso: eu não quero me sacrificar", disse à Folha de S. Paulo. Na eleição do último ano, Wyllys foi eleito para seu terceiro mandato como deputado federal. 

Ele citou ainda a eleição de Jair Bolsonaro como presidente para justificar sua desistência. "O presidente que sempre me difamou, que sempre me insultou de maneira aberta, que sempre utilizou de homofobia contra mim. Esse ambiente não é seguro para mim", comentou.

Mais de 500 mil títulos podem ser cancelados na Bahia

No próximo dia 22 de fevereiro termina o prazo para a revisão biométrica em 34 municípios baianos. Apenas 476.618 eleitores estão biometrizados, o que representa cerca de 45,09%. 

 Ao todo, 580.357 cidadão ainda não atenderam à convocação da Justiça Eleitoral. Vinte e seis cidades apresentam baixo índice de comparecimento, e não alcançam 60% de eleitores biometrizados. Lajedão (a 764 km de Salvador) é o município que mais preocupa. 82,39% dos eleitores não compareceram para a coleta dos dados biométricos. 

Jussari (20,43%), Ibirapuã (20,99%) Maetinga (24,94%) e Simões Filho (26,56%) também preocupam e registram percentuais abaixo de 30%. O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia informa que não haverá prorrogação do prazo. Os cidadãos que não realizarem o cadastramento biométrico terão seus títulos cancelados.

Milícia e militância separam família Bolsonaro do início do fel em plena lua-de-mel

Tradicionalmente, a lua-de-mel de um governo com os eleitores dura mais do que muitos casamentos. Porém o caso do presidente Jair Bolsonaro parece estar num processo de desgaste que pode acelerar a chegada de uma fase de fel. Ainda assim, o atual ocupante do Palácio do Planalto é favorecido por uma onda de pseudo otimismo que permite que eventuais “derrapadas” consigam ser justificadas por desculpas esfarrapadas.

O caso mais delicado envolve o filho do presidente, o senador eleito Flávio Bolsonaro. Como se não fossem suficientes os indícios de problemas na movimentação financeira envolvendo o ex-assessor Fabrício Queiroz, a prisão de milicianos nesta terça-feira (22) colocou o filho mais velho do morador da Alvorada no olho de um furacão de uma complexa rede de relacionamentos controversos entre políticos e um estado paralelo no Rio de Janeiro. Mãe e esposa de um dos líderes do Escritório do Crime foram lotadas no gabinete dele, a pedido de Queiroz, segundo justificativa pública. Até o momento, Flávio segue se defendendo, transferindo a responsabilidade para o ex-assessor e, por enquanto, o governo federal consegue se manter ligeiramente incólume – até por estratégia de sobrevivência.

Sim, inicialmente não há qualquer relação entre os “mal feitos” de Flávio com o pai. Porém a lógica é a mesma da associação entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o filho dele, Fábio Luís, mais conhecido como Lulinha. A diferença é que existe a tal régua flexível para medir os diferentes lados (lembre aqui).

Por mais que existam suspeitas de irregularidades envolvendo o primeiro filho, ainda aparecem fãs que preferem crer na teoria da conspiração de que Flávio é alvo de uma ação orquestrada entre Coaf, Ministério Público e imprensa, do que em qualquer outro argumento. No entanto, o doce começa a ser paulatinamente substituído pelo amargo de um discurso diferente da prática cotidiana. E não há nada de novo nisso.

Saindo do foco de Flávio, Bolsonaro pai estreou em Davos no Fórum Econômico Mundial como um protagonista a ser relegado ao papel de coadjuvante. O discurso de menos de 10 minutos em um dos principais painéis do encontro foi frustrante na avaliação da maioria dos analistas, já que a objetividade da fala conseguiu esconder a falta de profundidade em temas econômicos, principal foco do fórum de Davos. Ainda assim, o presidente conseguiu angariar elogios do pior tipo de cego, aquele que não quer ver.

Para completar a construção da narrativa de que Bolsonaro é maior – e melhor – do que qualquer crítica feita a ele, duas questões chamam a atenção. Mesmo que tenham circulado rumores de que o presidente não falaria com a imprensa, o titular do Planalto teve breves conversas – sem polêmicas – com jornalistas. A segunda foi a “escapada” de Bolsonaro para almoçar em um “bandejão” de um supermercado ao invés da pompa imaginada para encontros envolvendo chefes de Estado. É o desenho de um “presidente do povo”, “gente como a gente”.

Por enquanto, o presidente da República tem conseguido ter certo controle sobre a forma como a população– ou ao menos os eleitores dele – reage a ele. Foi assim com a “lacração” ao rebater uma provocação de um jovem que desejou que o avião dele caísse, por exemplo. Agora, quer Bolsonaro queira ou até mesmo os fãs deles desejem, quer não, há um clima de desconfiança que pode antecipar o fim dos bons ventos prometidos pelo novo governo.

Carro pega fogo ao cair em ribanceira na Serra do Marçal

Um carro de passeio pegou fogo após cair em uma ribanceira, em Vitória da Conquista, na noite dessa segunda-feira (21). O acidente ocorreu na Serra do Marçal, no trecho da BA-263.

Segundo informações do Blog do Anderson, apesar do fogo, ninguém ficou ferido. A Companhia Independente de Polícia Rodoviária registrou a ocorrência e, de acordo com a publicação, apura as causas do acidente.

Sem revelar nomes, Rui diz que dois deputados federias serão secretários 

Sem revelar nomes, o governador Rui Costa (PT) disse, na manhã desta segunda-feira (21), que dois deputados federais serão nomeados secretários no seu segundo governo.

Nos bastidores, os nomes mais comentados são: Josias Gomes (PT), que pode assumir a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Nelson Pelegrino (PT), que pode ser titular da Justiça, e Charles Fernandes (PSD) que pode assumir a pasta de Desenvolvimento Urbano (Sedur). 

“Essa semana, com absoluta certeza, eu concluo [as conversas] e anuncio [os nomes]. Falta definir alguns nomes para algumas pastas”, declarou, durante autorização de obras de urbanização em comunidade do Costa Azul, em Salvador. 

Palmira: Montaria da fé foi um sucesso

O domingo no distrito de Palmira foi marcado pela realização da Montaria da Fé, evento beneficente realizado pela coordenação da Igreja Católica, e apoio de parceiros com o objetivo de agariar recursos para a restauração do teto da Igreja Nossa Senhora da Conceição. Contribuir com uma ação desta natureza é ter gratidão no coração, pelo testemunho que temos e pelos sentimentos a um dos nossos maiores patrimônios. Estiveram presentes a comitiva de Jacareci sob a liderança do amigo Beto, e o Vereador Sinha, o grupo de cavaleiros de Palmira sob a liderança do Vereador Toin Dedinho. A festa foi animada pelos cantores Joalinklin de itaju do Colônia e Osmar Barbosa de Ibicarai.
Em contato com o blog Tribuna de Palmira a coordenação ressaltou o sucesso do evento. 
Por: Wender Lima.
Tribuna de Palmira.

Flávio Bolsonaro recebeu R$ 96 mil em 48 depósitos suspeitos durante 1 mês, aponta Coaf

Com exclusividade, o Jornal Nacional divulgou nesta sexta-feira (18) um trecho de um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sobre movimentações bancárias suspeitas do senador eleito Flávio Bolsonaro. Em um mês, foram quase 50 depósitos em dinheiro numa conta do filho do presidente da República, totalizando R$ 96 mil. 

O relatório também trouxe informações sobre movimentações financeiras de Flávio entre junho e julho de 2017. Foram 48 depósitos em espécie na conta do senador eleito, concentrados no autoatendimento da agência bancária que fica dentro da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), e sempre no mesmo valor: R$ 2 mil. As suspeitas aumentaram quando o Coaf percebeu que as quantias eram depositadas sempre em sequência, em questão de minutos. 

Não foi possível identificar quem fez os depósitos na conta de Flávio, mas a realização de operações que por sua habitualidade, valor e forma configurem artifício para burla da identificação dos responsáveis ou dos beneficiários finais. De acordo com o G1, o Jornal Nacional apurou que esse novo relatório de inteligência foi pedido pelo Ministério Público do Rio a partir da investigação de movimentação financeira atípica de assessores parlamentares da Alerj. 

O MP pediu o novo relatório ao Coaf em 14 de dezembro e foi atendido no dia 17, um dia antes de Flavio Bolsonaro ser diplomado senador. Portanto, segundo o MP, ele não tinha foro privilegiado na ocasião. Por causa desse, relatório, Flávio Bolsonaro questionou a competência do MP no Supremo Tribunal Federal (STF). 

O questionamento rendeu a suspensão temporária da investigação e a anulação das provas pelo ministro Luiz Fux. O Jornal Nacional procurou a assessoria de Flávio Bolsonaro, mas não obteve resposta.

Bolsonaro assina Medida Provisória que prevê realização de pente fino no INSS

Uma Medida Provisória que revê regras previdenciárias e indica a realização de um pente-fino em todos os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi assinada nesta sexta-feira (18) pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL). 

O valor estimado para a redução do rombo fiscal na Previdência com esta medida será de R$ 9,8 bilhões nos primeiros 12 meses, que corresponde a 4,45% do total. 

O valor ainda é considerado baixo perto do rombo que deve chegar a R$ 220 bilhões. Anteriormente o ministro da Economia Paulo Guedes chegou a falar na possibilidade de haver quase o dobro de impacto fiscal, entre R$ 17 bi a R$ 20 bi por ano. 

A Medida Provisória estabelecerá o pagamento de um bônus de R$ 57,50 a técnicos e analistas do seguro social que identificarem irregularidades em aposentadorias e pensões, para viabilizar a operação de pente fino.

PIS/Pasep está disponível na CAIXA

Os sétimo lote do abono salarial do PIS e do PASEP 2018-2019, ano-base 2017, começou a ser pago aos trabalhadores. Podem receber o benefício quem trabalha na iniciativa privada nascido em janeiro e fevereiro, e os servidores públicos com final de inscrição 5. 

 A estimativa do Ministério da Economia é de que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos. Trabalhadores privados podem procurar a Caixa Econômica Federal, pessoalmente ou pela internet. Servidores públicos devem usar o Banco do Brasil, também pessoalmente ou pela internet. Os correntistas da Caixa tiveram os valores depositados na conta. 

Tem direito ao abono quem estava inscrito no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2017, teve remuneração mensal média de até 2 salários mínimos e seus dados foram informados corretamente na Rais. 

O valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado em 2017. Quem esteve empregado o ano todo recebe um salário mínimo (R$ 998). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, R$ 84, e assim por diante. Para os nascidos entre julho e dezembro, o abono começou a ser pago em 2018.

Seis testemunhas apontam ex-policial do Bope como assassino de Marielle Franco

O principal suspeito de assassinar a vereadora Marielle Franco (PSol) e o motorista Anderson Gomes é um policial do Bope (Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar), do Rio de Janeiro. 

A informação foi revelada hoje (18) pelo The Intercept Brasil, que teve acesso ao inquérito que a Justiça proibiu que a Rede Globo divulgasse. No documento, ao menos seis testemunhas citam o policial como o autor do crime - o nome continua sob sigilo para que as investigações não sejam afetadas. 

A Polícia do Rio de Janeiro chegou ao nome do suspeito por meio de de depoimentos, depois de revisar inquéritos relacionados às execuções de dois ex-sargentos da PM: Geraldo Antônio Pereira e Marcos Vieira de Souza – o Falcon, ex-presidente da escola de samba Portela e, à época, candidato a vereador.

Davidson diz que saída de Dal do PCdoB é 'precipitação' e ainda não está definida

O presidente estadual do PCdoB, Davidson Magalhães, negou a existência de decepção ou algum mal estar com deputado estadual eleito Dal, pela decisão de deixar a sigla . Magalhães avaliou o posicionamento do colega de partido como "precipitação", disse ainda que a saída de Dal ainda não está definida e que ele ainda está conversando com o partido. 

"Nós tivemos conversas essa semana e nós ainda estamos discutindo com ele [Dal], o que nós levantamos publicamente é que não tem divergência com o partido", explicou Davidson. 

"É uma precipitação dele e não é bom pra ele do ponto de vista político, uma pessoa no início da carreira política, ele é do meio empresarial, inicia a carreira política já fazendo isso fica pouco confiável para as outras pessoas", defendeu Magalhães nesta quinta-feira (17), enquanto participava do cortejo da Lavagem do Bonfim.

Marciano, da dupla com Milionário, morre aos 67 anos

Morreu na madrugada desta sexta-feira (18), aos 67 anos, o cantor Marciano, da antiga dupla João Mineiro e Marciano. Segundo a assessoria do cantor, ele estava em casa, com a família, quando sofreu um infarto e não resistiu. 

Na década de 1980, Marciano fez sucesso ao lado do companheiro de palco João Mineiro, que faleceu em 2012. Marciano, atualmente, fazia dupla com o cantor Milionário. Eles estavam em férias, por haviam terminado uma turnê, em novembro de 2018. 

A primeira apresentação do ano, seria em Franca, no Interior Paulista, na próxima segunda-feira (21). A assessoria do cantor disse que ele será sepultado no município de São Caetano do Sul, na Região Metropolitana de São Paulo, sem horário e local definidos.

De mãos dadas, Rui e Neto iniciam festejo da Lavagem do Bonfim

De mãos dadas na cerimônia que dá início à Lavagem do Bonfim, o governador Rui Costa (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM) marcaram presença na Igreja da Conceição da Praia, em Salvador, para as celebrações. O dia começou com a participação no ato ecumênico, que acontece nas escadarias do santuário. 

Terminado o primeiro ato da festa, teve início a tradicional caminhada, junto com o cortejo, para um dos pontos mais emblemáticos e visitados da capital baiana, a Igreja do Bonfim. Após o percurso, também está prevista a tradicional Lavagem do Adro da Basílica.

Eleição da Amurc conta com uma chapa inscrita

A eleição da Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc acontece no próximo dia 24 de janeiro, às 9 horas, na sede da entidade, com apenas uma chapa inscrita, encabeçada pelo prefeito de Firmino Alves, Aurelino Cunha. 

O prazo para inscrição de chapa encerrou nesta segunda-feira, 14, 10 dias antes do pleito, de acordo com o estatuto. O mandato de presidente é de dois anos, correspondente ao biênio 2019/2020. O eleitorado é composto por prefeitos associados.

Bolsonaro assina decreto que facilita posse de armas

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (15) o decreto que facilita a posse de armas. O direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho, desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento. Para andar com a arma na rua, é preciso ter direito ao porte, que exige regras mais rigorosas e não foi tratado no decreto.

"Como o povo soberanamente decidiu por ocasião do referendo de 2005, para lhes garantir esse legítimo direito à defesa, eu como presidente vou usar essa arma", disse Bolsonaro, ao mostrar uma caneta e assinar o decreto, em cerimônia no Palácio do Planalto.

Em discurso, Bolsonaro disse que o decreto restabelece um direito "definido nas urnas por ocasião do referendo de 2005". Na época, a maioria da população rejeitou trecho do Estatuto do Desarmamento que tornava mais restrita a posse de armas.

"O povo decidiu por comprar armas e munições e nós não podemos negar o que o povo quis nesse momento", afirmou Bolsonaro.

Fernando Gomes briga com o B. do Brasil e tira a agência da Prefeitura

Fernando Gomes disse na tarde de hoje, 14, que o gerente do Banco do Brasil arrumou uma briga com ele “e encontrou”. O prefeito itabunense anunciou as consequências desse desentendimento: vai tirar a conta da Prefeitura do BB, que recebeu 60 dias de prazo para desativar a agência que há anos funciona no Centro Administrativo, no bairro São Caetano. 
Essas informações, nada agradáveis para os negócios do Banco do Brasil no município, fizeram parte do discurso de Fernando Gomes na solenidade de inauguração, na avenida do Cinquentenário, de uma nova agência da Caixa Econômica (vai substituir a da Praça Camacan). O Diário Bahia apurou que a birra de Fernando Gomes com a gerencia local do Banco do Brasil foi por causa de um bloqueio de verba, em consequência de dívidas do município com o INSS. 
A decisão foi judicial, mesmo assim o prefeito ficou uma fera. Marcos Vinícius, José Oduque e Fernando Gomes
O discurso de Fernando Gomes também teve um tom político. Ele rasgou elogios a Jair Bolsonaro. Argumentou o prefeito que a gestão do novo presidente da República será boa para a classe empresarial, que também terá que “entrar na linha”. 
Bolsonaro, na opinião de Fernando Gomes, fará um governo diferente, vai colocar ordem no país. Vale lembrar, no entanto, que o prefeito, na última eleição, fechou com o PT na Bahia. A inauguração da nova agência da Caixa em Itabuna teve a presença do ex-prefeito José Oduque Teixeira, convidado pelo superintendente Marcos Vinícius, num reconhecimento por ser ele um dos mais antigos clientes da agência, que agora está num local mais amplo e com melhores instalações.

Itabuna não terá carnaval , declara prefeito Fernando Gomes

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, sem partido, declarou na rádio Nacional que a cidade não vai realizar o Carnaval deste ano. O alcaide alegou a crise financeira para não realizar a festa: 

A prefeitura não tem dinheiro para fazer festa de carnaval, estamos tendo dificuldade para pagar os funcionários, não pagamos o carnaval de 2018 ainda, como vou fazer carnaval? 

Vamos ajudar na Lavagem do Beco do Fuxico apenas, e se a situação melhorar poderemos fazer a festa de São Pedro”, declarou o prefeito.

Veja as vagas de emprego do SineBahia para esta terça

VENDEDOR PRACISTA
Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na carteira
Possuir CNH ‘B’
2 VAGAS
AUXILIAR DE FIBRA ÓPTICA
Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na função
Conhecimento em fibra óptica
1 VAGA
MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO
Ensino Médio Completo
Não exige experiência
Possuir curso de vigilante ou Bombeiro Civil
3 VAGAS
ELETRICISTA DE VEICÚLOS PESADOS
Não exige escolaridade
Experiência mínima de 6 meses na função
1 VAGA
MOTORISTA DE ÔNIBUS URBANO
Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na carteira
Possuir CNH ‘D’ e atividade remunerada
Possuir curso de transporte de passageiros atualizado
1 VAGA
MECÂNICO DE VEÍCULOS PESADOS
Não exige escolaridade
Experiência mínima de 6 meses na função
1 VAGA
AJUDANTE DE COZINHA
Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na carteira
2 VAGAS
TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Ensino Médio CompleCurso Técnico de Enfermagem Completo
UNIDADE DE ATENDIMENTO: Os candidatos interessados devem se dirigir à unidade do SineBahia Itabuna, situada na Avenida Aziz Maron, Bairro Goes Calmon, no Shopping Jequitibá.

Bolsonaro sanciona lei que permite faltar à aula por motivo religioso

Estudantes poderão faltar aulas e provas por motivos religiosos. É que estabelece lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União de hoje (4). A lei entrará em vigor em 60 dias, em março. A partir desse mês, as escolas terão ainda dois anos para tomar as providências e fazer as adaptações necessárias para colocar a medida em prática. A nova lei estabelece que estudantes de escolas e universidades públicas e privadas poderão se ausentar de provas ou aulas, em dias que, “segundo os preceitos de sua religião, seja vedado o exercício de tais atividades”. Para isso, os estudantes terão que apresentar um requerimento com a devida antecedência.
Para repor as atividades, as instituições de ensino poderão aplicar prova ou aula de reposição, conforme o caso. Poderão ainda solicitar dos alunos um trabalho escrito ou outra modalidade de atividade de pesquisa. Os estudantes que fizerem essas atividades terão garantida a presença. A lei não se aplica, no entanto, às escolas militares. Isso porque o ensino militar é regulado em lei específica, admitida a equivalência de estudos, de acordo com as normas fixadas pelos sistemas de ensino. De acordo com Agência Senado, a estimativa de líderes religiosos é que cerca de 2 milhões de brasileiros guardam o sábado e, por razões de fé, não podem estudar ou trabalhar até o pôr do sol.

Chuva de granizo surpreende moradores das cidades do sul da Bahia

Os moradores da cidade de Brejolândia e Vitória da Conquista foram surpreendidos com chuva de granizo entre sexta (4) e sábado (5). De acordo com o G1, a chuva durou cerca de dez minutos em Brejolância. 

Já em Vitória da Conquista, a chuva durou poucos minutos e não teve tanta força. O fenômeno, que costuma ser mais comum no verão, acontece quando o hemisfério sul recebe maior incidência de raios solares e fica mais aquecido. 

O ar quente sobe e, quando se encontra com o ar frio da atmosfera, gera um contraste de temperaturas que acaba criando gotículas de gelo.

Bolsonaro defende fim da Justiça do Trabalho em 1ª entrevista como presidente

Na primeira entrevista depois de sua posse, dada ao SBT, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que poderá acabar com a Justiça do Trabalho. "Qual país que tem [Justiça do Trabalho]? Já temos a Justiça normal", afirmou. De acordo com Bolsonaro, o país tem mais ações trabalhistas que todo o mundo. Ele voltou a dizer que há no Brasil um excesso de proteção ao trabalhador. Também comparou a relação entre patrão e empregado ao casamento: 
"É como um casal, se tem excesso de ciúmes não dá certo". O presidente afirmou que não irá acabar com o CLT (Código de Leis Trabalhistas), mas que, assim como foi feito com a reforma trabalhista, irá atuar para flexibilizar os contratos de trabalho. Ele disse que no país há "muitos direitos e pouco emprego". "Quando eu disse que era difícil ser patrão no Brasil, os sindicatos disseram que difícil é ser empregado. 
A eles, eu responderia que mais difícil é ser desempregado", afirmou. Bolsonaro voltou a comparar o Brasil com os Estados Unidos em relação às leis trabalhistas. "Olha lá nos EUA, eles não têm direito do trabalho e têm emprego", disse. Durante a entrevista, o presidente ainda falou sobre a idade mínima para aposentadoria. 
Segundo Bolsonaro, o seu governo deverá aproveitar a reforma que já está na Câmara dos Deputados, concebida durante o governo de Michel Temer. "A boa reforma é aquela que passa na Câmara e no Senado, e não a que está na minha cabeça ou da equipe econômica", afirmou.
Anterior Proxima Página inicial