Carro que transportava Haddad é cercado por apoiadores de Bolsonaro em São Paulo

O candidato à Presidência do PT, Fernando Haddad, teve o carro que o transportava cercado nesta quinta-feira (11), em Brasília, após visita do petista à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o veículo foi fechado por uma caminhonete com três homens não identificados. 

A assessoria de Haddad informou que os ocupantes do veículo hostilizaram Haddad e membros da Igreja Católica, com gritos como "Bolsonaro vai acabar com todo mundo".

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), vice-presidente nacional do partido, chegou a publicar nesta quinta no Twitter que o carro onde estavam o candidato petista à Presidência da República e sua comitiva, em São Paulo (SP), foi trancado por um veículo “com gente de Bolsonaro”.

A caminhonete foi embora em seguida sem ter sido identificada, segundo a assessoria da campanha petista. Ninguém se feriu nem foi feito boletim de ocorrência.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial