Abastecimento de água é interrompido em Itabuna

Devido a greve dos caminhoneiros, os produtos químicos necessários para o tratamento de água, não chegaram a Itabuna e o estoque atual está comprometido. A água tratada disponível dará apenas para os próximos quatro dias, segundo a Emasa - Empresa de Águas e Saneamento. 

A empresa indica que já adotou procedimento para a redução da produção de água nas estações principal e Nova Ferradas e, a depender do desenrolar da greve, será obrigada a interromper o abastecimento a população, estocando água apenas para os hospitais, postos médicos, creches, colégios, bombeiros e abrigos. 

Além dessa situação, a Emasa desde o último dia 23, vem sofrendo interrupções constantes no fornecimento de energia elétrica nas estações de captação de água de Rio do Braço e Mutuns. Por causa desses problemas, a Emasa pede à população, que economize água potável, usando o produto com racionalidade.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial