Falso médico aplica golpes em famílias de pacientes de hospital em Itabuna

Três famílias de pacientes internados no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna, no sul da Bahia, denunciaram à polícia um falso médico que teria cobrado dinheiro para realização de exames na unidade de saúde. A denúncia foi feita nesta quarta-feira (5). De acordo com a polícia, o falso médico entrava em contato com as famílias por telefone para oferecer o exame. Uma das vítimas disse ao G1 que ela teve R$ 3 mil cobrados por um procedimento e acabou pagando pelo exame. Um golpe semelhante foi aplicado em agosto de 2016 em pacientes de hospitais públicos e particulares de Salvador. O hospital informou, por meio de nota, que proíbe os funcionários de passarem informações sobre o quadro clínico de pacientes a terceiros. Além disso, informou que não realiza contato por telefone com a família dos pacientes internados. A unidade de saúde, administrada pela Santa Casa de Misericórdia, e que atende pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pela rede particular, lamentou o ocorrido. Acrescentou também que colabora com as investigações. O caso é investigado pelo delegado da Polícia Civil, Jacskon Silva, que instaurou um procedimento investigatório.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial