BANCÁRIOS VÃO ADERIR À GREVE GERAL DESTA SEXTA-FEIRA 30



Em assembleia realizada nesta terça-feira (19), os bancários baianos decidiram aderir à greve geral desta sexta (30) contra a aprovação das reformas trabalhista e previdenciária propostas pelo governo do presidente Michel Temer. De acordo com o Sindicato de Bancários as agências em todo o estado terão suas atividades paralisadas por 24h.
A decisão pela organização da greve geral foi tomada por grupos como CUT (Central Única dos Trabalhadores), Força Sindical, CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), e UGT (União Geral dos Trabalhadores), entre outros.
As centrais sindicais irão colocar força total na mobilização da greve em defesa dos direitos sociais e trabalhistas, contra as reformas trabalhista e previdenciária, contra a terceirização indiscriminada e pelo #ForaTemer”, diz nota publicada pelos movimentos sindicais.
A última greve geral promovida pelas centrais sindicais como forma de protesto contra as reformas propostas pelo governo ocorreu no dia 28 de abril. Diversas categorias, como motoristas de ônibus, metroviários, bancários e professores aderiram à paralisação. Na ocasião, Temer tentou minimizar as manifestações ocorridas em todo o Brasil . “Infelizmente, pequenos grupos bloquearam rodovias e avenidas para impedir o direito de ir e vir do cidadão, que acabou impossibilitado de chegar ao seu local de trabalho ou de transitar livremente”, afirmou o presidente, ressaltando que o governo não iria recuar das medidas.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial