PF faz buscas nos gabinetes de Aécio, Perrella e Loures; procurador da República é preso

Em operação no Rio de Janeiro  e em Brasília na manhã desta quinta-feira (18), a Polícia Federal cumpre mandados em ao menos três gabinetes no Congresso: os dos senador Aécio Neves (PSDB-MG), Zezé Perrella (PMDB-MG) e no do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Segundo informações do Globo News, também foi preso o procurador da República Ângelo Goulart, que seria ligado ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Além de ser membro auxiliar da Procuradoria Geral da República (PGR), ele atuava no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), onde também estão ocorrendo buscas. Nesta quarta, a assessoria de Loures informou que o parlamentar estava em Nova York ministrando uma palestra e que voltaria na quinta. Ainda de acordo com a Globo News, a operação já estava planejada e foi antecipada após informações divulgadas pelo sócio do grupo JBS, Joesley Batista, referentes ao presidente Michel Temer e ao senador Aécio Neves. 

Comentários

Anterior Proxima Página inicial