Contra as propostas de reformas trabalhista: Marcha para Brasília acontece no dia 24 de Maio

As centrais sindicais Força SindicalCTBCUTUGTNova CentralIntersindicalCGTB e CSP-Conlutas realizarão, no dia 24, uma Marcha a Brasília em protesto contra as propostas de reformas trabalhista e previdenciária, que estão em tramitação no Congresso Nacional. “Unidos, vamos lutar para manter os direitos dos trabalhadores”, declarou Paulo Pereira da Silva, Paulinho, presidente da Força Sindical.
As centrais estão se reunindo semanalmente para planejar a mobilização dos trabalhadores. Os dirigentes sindicais, após a definição do dia 24 de maio como a data da grande Marcha das Centrais a Brasília, discutiram a mobilização e a infraestrutura que será construída pelas centrais. A Marcha ocupará Brasília na semana da votação da PEC 287 (Previdência) pelo plenário da Câmara dos Deputados. “Queremos uma Previdência justa e sem privilégios”, diz Paulinho.
No dia 11, Paulinho fez um discurso no plenário do Senado, na Sessão Temática realizada para debater a reforma trabalhista. Ele disse que “o Senado precisa fazer reparos no Projeto de Lei da Câmara (PLC) 38/2017, a chamada reforma trabalhista, para corrigir equívocos impressionantes contidos na proposta.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial