Câmara de Ilhéus aprova aumento para prefeito, vice e secretários

Na sessão de quarta-feira (05), a Câmara de Ilhéus aprovou a Lei 049/2016, que dispõe sobre o subsídio do prefeito, vice-prefeito e secretários entre 2017 e 2020. A decisão, unânime, atende a parecer das comissões de Legislação e Justiça e a de Finanças, Orçamentos, Obras e Serviços Públicos.
O subsídio do prefeito agora será equivalente a R$ 20.487,50; o do vice-prefeito passa a ser de R$ 15.300,00 e dos secretários será de R$ 12.825,00. Agora, o projeto será encaminhado para o prefeito Mário Alexandre sancionar e entrar em vigor.
A votação derrubou o veto do ex-prefeito Jabes Ribeiro que, no final de 2016, alegou ausência de interesse público no projeto. Segundo os vereadores, o valor dos subsídios pagos aos secretários era muito baixo e inviabilizava a contratação de profissionais capacitados para administrar as pastas.
Um exemplo disso é a Secretaria de Saúde, onde a maioria dos médicos convidados para a pasta rejeitavam. A alegação deles é que, além de ser uma grande responsabilidade gerir o setor, os valores oferecidos eram inferiores aos recebidos no exercício da Medicina. Portanto, não compensava.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial