Tremor sentido na Bahia não foi abalo sísmico, diz Centro de Sismologia da USP

O tremor sentido por diversas pessoas na Bahia, no início da manhã deste domingo (26), não foi um abalo sísmico. A informação foi confirmada pelo Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) nesta segunda-feira. "Caso as vibrações tivessem sido causadas por um tremor de terra, o tamanho da área de percepção indicaria uma magnitude de pelo menos 3 na escala Richter", explica a nota divulgada pelo centro especializado. Eles afirmam que nenhuma das estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) registrou "qualquer sinal que pudesse ser associado a um abalo sísmico em Salvador". Isso porque um tremor de magnitude 3 seria possível ser registrado até centenas de quilômetros de distância. No entanto, as causas para os tremores ainda são desconhecidas (saiba mais aqui). O centro considera a possibilidade de que tenha sido consequência da quebra de barreira do som por jatos da força aérea nacional. Ainda ontem, internautas apontaram que o tremor pode ter sido causado pela queda de um meteorito no Estado 

Comentários

Anterior Proxima Página inicial