Sem revelar nomes, Rui diz que dois deputados federias serão secretários 

Sem revelar nomes, o governador Rui Costa (PT) disse, na manhã desta segunda-feira (21), que dois deputados federais serão nomeados secretários no seu segundo governo.

Nos bastidores, os nomes mais comentados são: Josias Gomes (PT), que pode assumir a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Nelson Pelegrino (PT), que pode ser titular da Justiça, e Charles Fernandes (PSD) que pode assumir a pasta de Desenvolvimento Urbano (Sedur). 

“Essa semana, com absoluta certeza, eu concluo [as conversas] e anuncio [os nomes]. Falta definir alguns nomes para algumas pastas”, declarou, durante autorização de obras de urbanização em comunidade do Costa Azul, em Salvador. 

Palmira: Montaria da fé foi um sucesso

O domingo no distrito de Palmira foi marcado pela realização da Montaria da Fé, evento beneficente realizado pela coordenação da Igreja Católica, e apoio de parceiros com o objetivo de agariar recursos para a restauração do teto da Igreja Nossa Senhora da Conceição. Contribuir com uma ação desta natureza é ter gratidão no coração, pelo testemunho que temos e pelos sentimentos a um dos nossos maiores patrimônios. Estiveram presentes a comitiva de Jacareci sob a liderança do amigo Beto, e o Vereador Sinha, o grupo de cavaleiros de Palmira sob a liderança do Vereador Toin Dedinho. A festa foi animada pelos cantores Joalinklin de itaju do Colônia e Osmar Barbosa de Ibicarai.
Em contato com o blog Tribuna de Palmira a coordenação ressaltou o sucesso do evento. 
Por: Wender Lima.
Tribuna de Palmira.

Flávio Bolsonaro recebeu R$ 96 mil em 48 depósitos suspeitos durante 1 mês, aponta Coaf

Com exclusividade, o Jornal Nacional divulgou nesta sexta-feira (18) um trecho de um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sobre movimentações bancárias suspeitas do senador eleito Flávio Bolsonaro. Em um mês, foram quase 50 depósitos em dinheiro numa conta do filho do presidente da República, totalizando R$ 96 mil. 

O relatório também trouxe informações sobre movimentações financeiras de Flávio entre junho e julho de 2017. Foram 48 depósitos em espécie na conta do senador eleito, concentrados no autoatendimento da agência bancária que fica dentro da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), e sempre no mesmo valor: R$ 2 mil. As suspeitas aumentaram quando o Coaf percebeu que as quantias eram depositadas sempre em sequência, em questão de minutos. 

Não foi possível identificar quem fez os depósitos na conta de Flávio, mas a realização de operações que por sua habitualidade, valor e forma configurem artifício para burla da identificação dos responsáveis ou dos beneficiários finais. De acordo com o G1, o Jornal Nacional apurou que esse novo relatório de inteligência foi pedido pelo Ministério Público do Rio a partir da investigação de movimentação financeira atípica de assessores parlamentares da Alerj. 

O MP pediu o novo relatório ao Coaf em 14 de dezembro e foi atendido no dia 17, um dia antes de Flavio Bolsonaro ser diplomado senador. Portanto, segundo o MP, ele não tinha foro privilegiado na ocasião. Por causa desse, relatório, Flávio Bolsonaro questionou a competência do MP no Supremo Tribunal Federal (STF). 

O questionamento rendeu a suspensão temporária da investigação e a anulação das provas pelo ministro Luiz Fux. O Jornal Nacional procurou a assessoria de Flávio Bolsonaro, mas não obteve resposta.

Bolsonaro assina Medida Provisória que prevê realização de pente fino no INSS

Uma Medida Provisória que revê regras previdenciárias e indica a realização de um pente-fino em todos os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi assinada nesta sexta-feira (18) pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL). 

O valor estimado para a redução do rombo fiscal na Previdência com esta medida será de R$ 9,8 bilhões nos primeiros 12 meses, que corresponde a 4,45% do total. 

O valor ainda é considerado baixo perto do rombo que deve chegar a R$ 220 bilhões. Anteriormente o ministro da Economia Paulo Guedes chegou a falar na possibilidade de haver quase o dobro de impacto fiscal, entre R$ 17 bi a R$ 20 bi por ano. 

A Medida Provisória estabelecerá o pagamento de um bônus de R$ 57,50 a técnicos e analistas do seguro social que identificarem irregularidades em aposentadorias e pensões, para viabilizar a operação de pente fino.

PIS/Pasep está disponível na CAIXA

Os sétimo lote do abono salarial do PIS e do PASEP 2018-2019, ano-base 2017, começou a ser pago aos trabalhadores. Podem receber o benefício quem trabalha na iniciativa privada nascido em janeiro e fevereiro, e os servidores públicos com final de inscrição 5. 

 A estimativa do Ministério da Economia é de que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos. Trabalhadores privados podem procurar a Caixa Econômica Federal, pessoalmente ou pela internet. Servidores públicos devem usar o Banco do Brasil, também pessoalmente ou pela internet. Os correntistas da Caixa tiveram os valores depositados na conta. 

Tem direito ao abono quem estava inscrito no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2017, teve remuneração mensal média de até 2 salários mínimos e seus dados foram informados corretamente na Rais. 

O valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado em 2017. Quem esteve empregado o ano todo recebe um salário mínimo (R$ 998). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, R$ 84, e assim por diante. Para os nascidos entre julho e dezembro, o abono começou a ser pago em 2018.

Seis testemunhas apontam ex-policial do Bope como assassino de Marielle Franco

O principal suspeito de assassinar a vereadora Marielle Franco (PSol) e o motorista Anderson Gomes é um policial do Bope (Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar), do Rio de Janeiro. 

A informação foi revelada hoje (18) pelo The Intercept Brasil, que teve acesso ao inquérito que a Justiça proibiu que a Rede Globo divulgasse. No documento, ao menos seis testemunhas citam o policial como o autor do crime - o nome continua sob sigilo para que as investigações não sejam afetadas. 

A Polícia do Rio de Janeiro chegou ao nome do suspeito por meio de de depoimentos, depois de revisar inquéritos relacionados às execuções de dois ex-sargentos da PM: Geraldo Antônio Pereira e Marcos Vieira de Souza – o Falcon, ex-presidente da escola de samba Portela e, à época, candidato a vereador.

Davidson diz que saída de Dal do PCdoB é 'precipitação' e ainda não está definida

O presidente estadual do PCdoB, Davidson Magalhães, negou a existência de decepção ou algum mal estar com deputado estadual eleito Dal, pela decisão de deixar a sigla . Magalhães avaliou o posicionamento do colega de partido como "precipitação", disse ainda que a saída de Dal ainda não está definida e que ele ainda está conversando com o partido. 

"Nós tivemos conversas essa semana e nós ainda estamos discutindo com ele [Dal], o que nós levantamos publicamente é que não tem divergência com o partido", explicou Davidson. 

"É uma precipitação dele e não é bom pra ele do ponto de vista político, uma pessoa no início da carreira política, ele é do meio empresarial, inicia a carreira política já fazendo isso fica pouco confiável para as outras pessoas", defendeu Magalhães nesta quinta-feira (17), enquanto participava do cortejo da Lavagem do Bonfim.

Marciano, da dupla com Milionário, morre aos 67 anos

Morreu na madrugada desta sexta-feira (18), aos 67 anos, o cantor Marciano, da antiga dupla João Mineiro e Marciano. Segundo a assessoria do cantor, ele estava em casa, com a família, quando sofreu um infarto e não resistiu. 

Na década de 1980, Marciano fez sucesso ao lado do companheiro de palco João Mineiro, que faleceu em 2012. Marciano, atualmente, fazia dupla com o cantor Milionário. Eles estavam em férias, por haviam terminado uma turnê, em novembro de 2018. 

A primeira apresentação do ano, seria em Franca, no Interior Paulista, na próxima segunda-feira (21). A assessoria do cantor disse que ele será sepultado no município de São Caetano do Sul, na Região Metropolitana de São Paulo, sem horário e local definidos.

De mãos dadas, Rui e Neto iniciam festejo da Lavagem do Bonfim

De mãos dadas na cerimônia que dá início à Lavagem do Bonfim, o governador Rui Costa (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM) marcaram presença na Igreja da Conceição da Praia, em Salvador, para as celebrações. O dia começou com a participação no ato ecumênico, que acontece nas escadarias do santuário. 

Terminado o primeiro ato da festa, teve início a tradicional caminhada, junto com o cortejo, para um dos pontos mais emblemáticos e visitados da capital baiana, a Igreja do Bonfim. Após o percurso, também está prevista a tradicional Lavagem do Adro da Basílica.

Eleição da Amurc conta com uma chapa inscrita

A eleição da Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc acontece no próximo dia 24 de janeiro, às 9 horas, na sede da entidade, com apenas uma chapa inscrita, encabeçada pelo prefeito de Firmino Alves, Aurelino Cunha. 

O prazo para inscrição de chapa encerrou nesta segunda-feira, 14, 10 dias antes do pleito, de acordo com o estatuto. O mandato de presidente é de dois anos, correspondente ao biênio 2019/2020. O eleitorado é composto por prefeitos associados.

Bolsonaro assina decreto que facilita posse de armas

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (15) o decreto que facilita a posse de armas. O direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho, desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento. Para andar com a arma na rua, é preciso ter direito ao porte, que exige regras mais rigorosas e não foi tratado no decreto.

"Como o povo soberanamente decidiu por ocasião do referendo de 2005, para lhes garantir esse legítimo direito à defesa, eu como presidente vou usar essa arma", disse Bolsonaro, ao mostrar uma caneta e assinar o decreto, em cerimônia no Palácio do Planalto.

Em discurso, Bolsonaro disse que o decreto restabelece um direito "definido nas urnas por ocasião do referendo de 2005". Na época, a maioria da população rejeitou trecho do Estatuto do Desarmamento que tornava mais restrita a posse de armas.

"O povo decidiu por comprar armas e munições e nós não podemos negar o que o povo quis nesse momento", afirmou Bolsonaro.

Fernando Gomes briga com o B. do Brasil e tira a agência da Prefeitura

Fernando Gomes disse na tarde de hoje, 14, que o gerente do Banco do Brasil arrumou uma briga com ele “e encontrou”. O prefeito itabunense anunciou as consequências desse desentendimento: vai tirar a conta da Prefeitura do BB, que recebeu 60 dias de prazo para desativar a agência que há anos funciona no Centro Administrativo, no bairro São Caetano. 
Essas informações, nada agradáveis para os negócios do Banco do Brasil no município, fizeram parte do discurso de Fernando Gomes na solenidade de inauguração, na avenida do Cinquentenário, de uma nova agência da Caixa Econômica (vai substituir a da Praça Camacan). O Diário Bahia apurou que a birra de Fernando Gomes com a gerencia local do Banco do Brasil foi por causa de um bloqueio de verba, em consequência de dívidas do município com o INSS. 
A decisão foi judicial, mesmo assim o prefeito ficou uma fera. Marcos Vinícius, José Oduque e Fernando Gomes
O discurso de Fernando Gomes também teve um tom político. Ele rasgou elogios a Jair Bolsonaro. Argumentou o prefeito que a gestão do novo presidente da República será boa para a classe empresarial, que também terá que “entrar na linha”. 
Bolsonaro, na opinião de Fernando Gomes, fará um governo diferente, vai colocar ordem no país. Vale lembrar, no entanto, que o prefeito, na última eleição, fechou com o PT na Bahia. A inauguração da nova agência da Caixa em Itabuna teve a presença do ex-prefeito José Oduque Teixeira, convidado pelo superintendente Marcos Vinícius, num reconhecimento por ser ele um dos mais antigos clientes da agência, que agora está num local mais amplo e com melhores instalações.

Itabuna não terá carnaval , declara prefeito Fernando Gomes

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, sem partido, declarou na rádio Nacional que a cidade não vai realizar o Carnaval deste ano. O alcaide alegou a crise financeira para não realizar a festa: 

A prefeitura não tem dinheiro para fazer festa de carnaval, estamos tendo dificuldade para pagar os funcionários, não pagamos o carnaval de 2018 ainda, como vou fazer carnaval? 

Vamos ajudar na Lavagem do Beco do Fuxico apenas, e se a situação melhorar poderemos fazer a festa de São Pedro”, declarou o prefeito.

Veja as vagas de emprego do SineBahia para esta terça

VENDEDOR PRACISTA
Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na carteira
Possuir CNH ‘B’
2 VAGAS
AUXILIAR DE FIBRA ÓPTICA
Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na função
Conhecimento em fibra óptica
1 VAGA
MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO
Ensino Médio Completo
Não exige experiência
Possuir curso de vigilante ou Bombeiro Civil
3 VAGAS
ELETRICISTA DE VEICÚLOS PESADOS
Não exige escolaridade
Experiência mínima de 6 meses na função
1 VAGA
MOTORISTA DE ÔNIBUS URBANO
Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na carteira
Possuir CNH ‘D’ e atividade remunerada
Possuir curso de transporte de passageiros atualizado
1 VAGA
MECÂNICO DE VEÍCULOS PESADOS
Não exige escolaridade
Experiência mínima de 6 meses na função
1 VAGA
AJUDANTE DE COZINHA
Ensino Médio Completo
Experiência mínima de 6 meses na carteira
2 VAGAS
TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Ensino Médio CompleCurso Técnico de Enfermagem Completo
UNIDADE DE ATENDIMENTO: Os candidatos interessados devem se dirigir à unidade do SineBahia Itabuna, situada na Avenida Aziz Maron, Bairro Goes Calmon, no Shopping Jequitibá.

Bolsonaro sanciona lei que permite faltar à aula por motivo religioso

Estudantes poderão faltar aulas e provas por motivos religiosos. É que estabelece lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União de hoje (4). A lei entrará em vigor em 60 dias, em março. A partir desse mês, as escolas terão ainda dois anos para tomar as providências e fazer as adaptações necessárias para colocar a medida em prática. A nova lei estabelece que estudantes de escolas e universidades públicas e privadas poderão se ausentar de provas ou aulas, em dias que, “segundo os preceitos de sua religião, seja vedado o exercício de tais atividades”. Para isso, os estudantes terão que apresentar um requerimento com a devida antecedência.
Para repor as atividades, as instituições de ensino poderão aplicar prova ou aula de reposição, conforme o caso. Poderão ainda solicitar dos alunos um trabalho escrito ou outra modalidade de atividade de pesquisa. Os estudantes que fizerem essas atividades terão garantida a presença. A lei não se aplica, no entanto, às escolas militares. Isso porque o ensino militar é regulado em lei específica, admitida a equivalência de estudos, de acordo com as normas fixadas pelos sistemas de ensino. De acordo com Agência Senado, a estimativa de líderes religiosos é que cerca de 2 milhões de brasileiros guardam o sábado e, por razões de fé, não podem estudar ou trabalhar até o pôr do sol.
Proxima